Primeiro Passo – Janeiro

Primeiro Passo do programa de recuperação de AA – “1. Admitimos que éramos impotentes perante o álcool – que tínhamos perdido o domínio sobre nossas vidas.”

Como citado em outra postagem aqui do site GDP, Fechar um Ciclo, Recomeçar um Ciclo, a ideia de organizar uma parte do processo de recuperação seguindo o calendário – passos correspondentes a cada um dos doze meses do ano, lemas a cada semana, meditações diárias ou seja como for – são estratégias possíveis para a manutenção de uma disciplina espiritual. Cada pessoa, de preferência junto ao seu padrinho ou madrinha de recuperação ou após ouvir espelhos mais experientes em reuniões de irmandades anônimas, irá formular ou adaptar um meio de incorporar o programa de doze passos a sua própria rotina.

O Primeiro Passo nos diz em outras palavras que admitimos nossa derrota: nossas vidas – e talvez em conjunto as vidas  de outras pessoas próximas a nós – se desgovernaram devido a atitudes de nossa parte que agora estão cristalizadas em nós como adicção, depressão ou comportamentos inadequados com os quais não conseguimos lidar ou interromper mais por nós mesmos.

É preciso admitir em que ponto falhamos para que possamos estabelecer um objetivo. Onde falhei será meu foco de recuperação. Talvez, junto ao desenvolvimento do processo de autoconhecimento que se dá início a partir desse passo inicial virão a ser feitas outras admissões de outras questões; pois é muito comum que adicções, sofrimento espiritual e comportamentos compulsivos estejam interligados de variadas formas em cada pessoa. Tudo terá seu devido tempo, mas o importante será estabelecer no primeiro passo uma admissão, um desejo de reverter uma situação.

Bem, talvez tenha sido difícil admitir. Alguns precisam chegar ao fundo do poço e buscar uma ajuda qualquer para não perder ainda mais (um emprego, um casamento, a guarda de um filho, um fio de sanidade). Se o que apareceu como chance de tentar algo foi “esse tal de Anônimos, que seja”. Outros serão empurrados para dentro das salas por familiares (empurrados? Quantos familiares não assistem a primeira reunião em dupla dentro da sala ao lado do futuro ingressante, por garantia de que realmente venha a participar? Muitos!). As mais diferentes razões e circunstâncias podem fazer alguém cruzar a porta fechada com a plaquinha pendurada do lado de fora: “reunião em andamento, deixe os cumprimentos para depois.” Entrar, ficar e continuar voltando.

O trecho final desse passo nos reafirma seu propósito; pois admitimos nossos problemas visando a retomada do rumo saudável de nossos dias. Buscamos de volta nossa esperança através do desejo sincero de mudar aquilo que podemos, ou seja, nós mesmos. E assim, as demais circunstâncias também acabam por mudar como um reflexo ou adaptação aos novos desdobramentos do primeiro passo e a adoção dos outros que viremos a praticar. Mas só depois do primeiro.

Você faz parte um grupo anônimo? Há quantas 24 horas? Você ainda não faz parte mas gostaria de se integrar a um grupo? Busque um endereço. O primeiro passo não será o fim mas o (re)começo de um caminho de positividade e sobriedade. Só por hoje, confie nisso e dê o primeiro de seus muitos passos transformadores que ainda virão.

Meditações para Mulheres que Amam Demais, 7 de Outubro: “Se você acredita ou não em Deus e, caso acredite, se você fala ou não com Ele, ainda assim pode desenvolver sua espiritualidade. Descubra o que lhe traz paz e serenidade e dedique algum tempo, pelo menos meia hora por dia, a essa prática. Tal disciplina pode trazer-lhe, e trará, alívio e conforto.” Robin Norwood

2 comentários em “Primeiro Passo – Janeiro”

  1. Eu queria participar de um grupo, como faço? Depois que terminei meu namoro, minha auto estima está destruída, tenho crises de depressão e ansiedade e não consigo fazer mais nada na vida. O fim do.meu relacionamento já faz mais de um ano e a dor não acaba nunca.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s